ELEIÇÕES 2022

Ministro Tarcísio poderá ser candidato a senador em Mato Grosso; Medeiros apoia e quer disputar governo

Publicados

em

Eu comento:

Seria os senadores atuais passar atestado de incompetência! Desde quando Mato Grosso precisa importar candidato? É considerar mesmo nosso povo como gado e massa de manobra!
O último tido como forasteiro foi ROBERTO CAMPOS, mas pelo menos tinha descendência de mato-grossense, era cuiabano nato, muito embora não morasse aqui…
Agora querer impor goela abaixo um ministro CARIOCA, sem qualquer vínculo com Mato Grosso, me parece forçar a barra! Que não é a da TIJUCA!!!

Éder Moraes

O DOCUMENTO – O deputado federal José Medeiros (Podemos), presidente do partido no Estado, indagado sobre o fato de o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Freitas, ter admitido pela primeira vez que pode ser candidato ao Senado por Mato Grosso nas eleições de 2022, com o apoio do presidente Jair Bolsonaro, sem partido, disse que esse fato “é zero de preocupação”. Medeiros, que chegou a ter seu nome lançado pelo presidente ao Senado, afirmou que essa questão vem sendo conduzida pelo próprio presidente da República.

Leia Também:  VEJA O VÍDEO; Flávio Bolsonaro vai à sessão da CPI da Covid defender ex-assessor de Bolsonaro e chama Calheiros de vagabundo

“O ministro é um excelente nome. Pode ser candidato ao Senado ou ao governo de qualquer estado”, disse. Caso ele defina ser candidato ao Senado por Mato Grosso, o deputado adiantou para o Portal O Documento que disputará o Governo do Estado, numa dobradinha com o ministro Tarcício Freitas. “Faço uma dobradinha com ele, ou vice-versa”. Medeiros fez questão de admitir ainda que  quem está conduzindo esse processo é o presidente Bolsonaro. “Meu projeto eleitoral será definido pelo presidente”, afirmou.

O ministro da Infraestrutura, Tarcísio Freitas, admitiu pela primeira vez que pode ser candidato ao Senado por Mato Grosso em 2022. Em entrevista ao jornal O Estado de São Paulo, o ministro citou três possibilidades, disputar o Governo de São Paulo, ou o Senado da República por Mato Grosso ou Goiás.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

POLÍTICA MT

Projeto social irá resgatar dignidade e dar oportunidade de mudança na vida de 300 mulheres cuiabanas

Publicados

em


Deputado Dilmar Dal Bosco, em Sessão Ordinária, no Plenário

Foto: Marcos Lopes

Com o intuito de contribuir e amenizar as consequências sofridas por milhares de famílias afetadas pela covid-19 além de oportunizar a mudança de vida de mulheres em Cuiabá, o deputado estadual Dilmar Dal Bosco (DEM), em parceria com o  Centro Pedagógico de Ensino Especial Regina Maria da Silva Marques (Cenper), Secretaria de Estado de Cultura de Mato Grosso e a empresa David Melo Culinary Scholl, via chef David Melo- coordenador do curso- disponibilizará a capacitação a 300 mulheres em situação de vulnerabilidade social e econômica, com um curso de gastronomia. A qualificação acontecerá durante o mês de novembro na capital, possibilitando a autonomia financeira e a geração de renda.

Deputado Dilmar explica que a ideia é resgatar a dignidade dessas mulheres e oportunizar para que possam entrar no mercado de trabalho e garantir sustento das suas famílias. “Não podemos ficar esperando as coisas acontecerem. Precisamos arregaçar as mangas e entrar de cabeça no social. Este projeto irá contemplar, inicialmente, essas 300 mulheres, em Cuiabá, mas a nossa intenção, juntamente com o pessoal do Cenper, é capacitar mais de três mil mulheres em todo o estado de Mato Grosso” disse Dilmar.

Leia Também:  Comissão Especial da Câmara rejeita PEC do voto impresso; proposta deve ir a plenário

O parlamentar ainda salientou que o momento de isolamento social e o afastamento das pessoas ocasionaram a perda da renda no lar de milhares de famílias. “Estamos passando um momento muito delicado, pois muitas pessoas perderam seus negócios ou estão com dificuldade em mantê-los. Mais uma vez vamos nos juntar e oportunizar este curso, que é o projeto de capacitação dessas 300 mulheres com este curso de gastronomia, que é muito importante para mim. Poder participar desse projeto, dando qualificação, capacitação e acima de tudo, conhecimento para que elas possam, voluntariamente, abrir o seu negócio e assim ter uma atividade e renda”, finalizou deputado.

Pedro Paulo Fernandes da Silva, coordenador do Cenper, explicou que o projeto foi idealizado com o apoio do deputado Dilmar justamente neste momento pós-pandemia. “Tivemos um crescimento absurdo de desemprego e, dessa forma, pensamos em criar um curso onde possamos oportunizar essas mães, essas mulheres cuiabanas, a ter seu próprio negócio. Então, nesse sentido, graças ao entendimento do parlamentar, em relação à necessidade de capacitar essas mulheres, e o apoio, por meio de uma emenda parlamentar, vamos iniciar esse projeto, que tenho certeza será case de sucesso e servirá de exemplo para todo o país. Precisamos sair da nossa zona de conforto, precisamos contribuir com o próximo, ajudar, dar oportunidade”, disse Pedro Paulo.

Leia Também:  Temer diz ter esperança de que carta de Bolsonaro "perdure por muito tempo"

As inscrições iniciaram  na segunda-feira (18), e podem ser realizadas das 13h30 às 16h30, pelo telefone (65) 3624-1298, de segunda à sexta-feira. As interessadas podem comparecer na sede do Cenper, que fica localizado na Rua Fenelon Müller, 897, no bairro Dom Aquino, em Cuiabá. Lembrando que é necessário apresentar comprovação de endereço e os documentos pessoais.

Fonte: ALMT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

MAIS LIDAS DA SEMANA