ASSUSTADORA

Bióloga do Instituto “Arara Azul” registra encontro com sucuri gigante no Pantanal – VEJA VÍDEO

Publicados

em

Uma bióloga e pesquisadora do Instituto Arara Azul encontrou uma sucuri gigante que havia acabado de trocar de pele no Pantanal do Mato Grosso do Sul. Kefany Ramalho monitorava um ninho natural de arara azul quando seu colega a avisou sobre a cobra.

“Dia desses, a Kéfany estava em campo, monitorando tranquilamente um ninho quando se deparou com… uma enorme sucuri”, escreveu o hotel Caiman ao divulgar um vídeo do momento. “Daquelas surpresas que só acontecem no Pantanal”, completou.

O registro foi publicado para comemorar o Dia Mundial da cobra em 16 de julho e viralizou nas redes sociais.

“No Dia Mundial da Cobra, relembramos o registro para homenagear esse animal tão importante para o equilíbrio da nossa fauna”, escreveu o hotel.

Kefany conta que estava perto da árvore para ver o ninho da arara azul quando seu colega mostrou a sucuri gigante que estava a alguns metros deles na floresta. A bióloga então dá um zoom na câmera e mostra a enorme cobra que estava imóvel.

“Olha o tamanho dessa sucuri! Tranquilinha. Olha que coisa mais linda”, diz a pesquisadora.
Depois, o vídeo mostra a sucuri gigante se movimentando para longe e Kefany se aproxima do local em que o réptil estava para mostrar a pele que havia acabado de ser trocada.

 

Leia Também:  Procon Cuiabá debate com Sindipetróleo alternativas para garantir clareza na exposição dos impostos e preços dos combustíveis

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

ENTRETENIMENTO

Justiça determina que Nadja e D’Black dividam ventilador, sofá e geladeira

Publicados

em


source
Nadja e D'Black
Reprodução

Nadja e D’Black


As polêmicas envolvendo a participante de “A Ilha” Nadja Pessoa e o cantor D’Black parecem não acabar . Separados há mais de um ano, os dois foram obrigados a dividir todos os bens materiais que conquistaram até maio de 2020, incluindo um sofá, um ventilador e a geladeira que foi do casal. As informações são do site Notícias da TV.

A Justiça determinou que o ex-casal divida tudo igualmente através do processo de divórcio litigioso. Segundo o Notícias da TV, a lista de itens foi produzida por D’Black, que deixou a casa em maio de 2020. Na ocasião, Nadja acusou o cantor de abandar a casa e a deixar sem dinheiro para comer . Um sofá de dois lugares, bicicleta, notebook, microfone, cama de casal, rack, teclado, geladeira e ventilador aparecem no documento.


O ex-casal também tem uma dívida de R$ 9 mil compartilhada. Um carro Honda City, de 2018, em nome da D’Black Produções Artísticas ME, também entrou na divisão. O cachê da participação de D’Black no reality “Dancing Brasil” também vai ser dividido.

Fonte: IG GENTE

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

MAIS LIDAS DA SEMANA